Pesquisa

Aviso
Devido ao processo de migração da Banca Livraria Popular para o site da Pueblo Livraria, pedimos para enviar e-mail confirmando a disponibilidade dos livros antes de compra-los por este blog.

Pedagogia profana

Autor: Jorge Larrosa.

 Danças, piruetas e mascaradas



 Jorge Larrosa nos estimula a considerar que talvez seja a hora de tentar trabalhar no campo pedagógico pensando e escrevendo de uma forma que se pretende indisciplinada, insegura e imprópria. É um livro totalmente irreverente, transgressivo, erótico e profano..

Acesse: http://pueblolivraria.com.br

FICHA DO LIVRO


Editora: Autêntica
Ano: 2006
Páginas: 208
Peso: 300 g


Gênero: Filosofia - Educação

ISBN: 8586583367



Ler Mais

Pedagogia e governamentalidade


 Ou Da Modernidade como uma sociedade educativa.


 Este livro, integrante da coleção Estudos Foucaultianos, apresenta uma análise da composição das tradições pedagógicas na Modernidade a partir do conceito de “governamentalidade” proposto por Michel Foucault. Essa ideia de gestão governamental discutida pelo filósofo francês tece as ideias de Carlos Ernesto Noguera-Ramírez, que oferece ao leitor uma reflexão sobre a influência da educação nos novos modos de governar da sociedade a partir do século XVI até os dias atuais. Observar a Modernidade sob a perspectiva da educação é observar que a constituição da modernidade se fez com uma sociedade educativa, que pensa em uma educação para todos como erradicação dos problemas sociais e econômicos e que constitui o sujeito moderno, mais educado e humanizado, como um Homo educabilis.

FICHA DO LIVRO


Editora: Autêntica
Páginas: 272



ISBN: 9788575265666


Ler Mais

Paulo Freire & a Educação




 O diálogo entre Paulo Freire e a Educação na atualidade é a proposta deste livro que integra a Coleção Pensadores & Educação. O autor, Jaime José Zitkoski, apresenta as contribuições da obra freireana de modo a articulá-las com os desafios da sociedade contemporânea, estruturalmente marcada pela exclusão, pela crise de valores e pelo desnível social. A questão da cultura como libertação humana, o papel social da Educação, seu caráter ético e político e o contexto da subjetividade na história são alguns pontos tratados neste livro. “A grande contribuição de Freire para a área da Educação é resgatar o humano numa época em que se configura o avanço da formação tecnicista e os processos educativos tornam-se reducionistas em termos de formação cultural e desenvolvimento das múltiplas inteligências do ser humano”.


FICHA DO LIVRO


Editora: Autêntica
Ano: 2010
Páginas: 96
Peso: 110 g


Gênero: Filosofia - Educação

ISBN: 9788575262207


Ler Mais

Para uma vida não-fascista

Autores: Alfredo Veiga-Neto e Margareth Rago (Orgs.).



 Este livro pode ser visto como uma crítica aguda aos fascismos que hoje se apossam de nós com suas promessas de mais poder. E, caminhando junto com a crítica, está o alerta para o quanto nossa vida se torna mais sombria, amarga e infeliz cada vez que nos encantamos com qualquer forma de fascismo. Tomando o conhecido Prefácio que Michel Foucault escreveu para o livro O Anti-Édipo: introdução a uma vida não-fascista, de Gilles Deleuze e Félix Guattari, professores e especialistas reuniram-se para discutir e explorar as possibilidades que aquele surpreendente e elucidativo texto foucaultiano ainda oferece para pensarmos e melhor compreendermos nosso mundo atual. De tais discussões, nasceu esta obra.

Os organizadores acreditam que ele pode contribuir, por meio das críticas e análises de seus diversos autores, para a construção de modos de vida libertários e para a extinção das muitas formas de fascismo presentes na contemporaneidade. Esta publicação destina-se a todos os interessados em conhecer um pouco mais do legado intelectual de Michel Foucault e a todos que pretendem pensar e problematizar o presente com base no pensamento de um dos filósofos mais importantes do século XX.



FICHA DO LIVRO


Editora: Autêntica
Ano: 2009
Páginas: 432
Peso: 760 g


Gênero: Filosofia

ISBN: 9788575264409


Ler Mais

O panóptico

Autor: Jeremy Bentham, Tomaz Tadeu (Orgs.).



 Este livro apresenta pela primeira vez, a tradução para o português, feita a partir do original, em inglês, das cartas que constituem o principal texto de Jeremy Bentham sobre o projeto do Panóptico. Durante muito tempo, a principal fonte de conhecimento sobre o Panóptico estava reduzida ao capítulo de Vigiar e punir que Foucault havia dedicado à sua análise. As pessoas interessadas em aprofundar o conhecimento desse tema têm, agora, à sua disposição, neste livro, um valiosíssimo material de consulta. O livro se enriquece com a inclusão de dois ensaios fundamentais, escritos por duas pessoas importantíssimas em suas respectivas áreas: Jacques-Alain Miller e Michelle Perrot. O ensaio de Michelle Perrot, “O inspetor Bentham”, foi originalmente publicado na edição francesa d’O panóptico, que incluía, também, como “prefácio”, uma entrevista com Michel Foucault sobre esse tema. Michelle Perrot nos proporciona, neste ensaio, um interessantíssimo perfil pessoal e intelectual de Jeremy Bentham.



FICHA DO LIVRO

Título: O panóptico
Autor: Jeremy Bentham, Tomaz Tadeu (Orgs.)

Editora: Autêntica
Ano: 2000
Páginas:180
Peso: 280 g


Gênero: Filosofia

ISBN: 9788586583759


Ler Mais

Otelo

Autor: William Shakespeare.
  Roteiro: Jozz
  Ilustração: Akira Sanoki.



  O trágico amor de Otelo e Desdêmona, envolvido pelas intrigas do traiçoeiro Iago, surge com toda força nesta HQ intensa e dramática. Uma história que irá te envolver da primeira à última página!


FICHA DO LIVRO

Título: Otelo
Roteiro: Jozz
Ilustração: Akira Sanoki

Editora: Autêntica/Nemo
Ano: 2011
Páginas: 64


Gênero: HQ-Quadrinhos

ISBN: 9788564823051


Ler Mais

Origem do drama trágico alemão


 A Origem do drama trágico alemão é a obra mais célebre de Walter Benjamin e uma das mais importantes do século XX. Talvez o leitor brasileiro, acostumado a referir-se a ela como Origem do drama barroco alemão, possa estranhar o título aqui proposto. No entanto, se a renomeação pode causar certo espanto a alguns, bastante surpresa vai provocar nos que voltarem ao título em alemão, Ursprung des deutschen Trauerspiels, publicado pela primeira vez em Berlim em 1928.
A palavra “barroco” nunca dele constou, desde quando encabeçou a tese destinada a tirar do conforto tanto a academia quanto a vanguarda. Desta, destaca-se a
reação de Asja Lacis, dramaturga de importante influên­cia sobre Benjamin (e, por intermédio deste, também sobre Bertolt Brecht). Benjamin a descreve como “uma revolucionária russa de Riga, uma das mulheres mais notáveis que encontrei até hoje”. Lacis relembra nas suas memórias o encontro em Capri no verão de 1924, lugar e momento da virada de Benjamin da filosofia para a literatura e, em parte a ela devida, do pensamento abstrato para o materialista, do qual ele todavia resguardou a tese então em andamento. “Quando me disse que se tratava de uma investigação da tragédia barroca alemã do século XVII, que só muito poucos especialistas conhecem essa literatura, e que tais tragédias nunca são representadas – eu fiz uma careta: Para que ocupar-se de literatura morta? Ele ficou uns momentos calado, e depois disse: Em primeiro lugar, introduzo na ciência, na estética, uma nova terminologia. Quando se fala do drama moderno, usam-se termos como ‘tragédia’ e ‘drama trágico’ de forma indiferenciada, apenas como palavras. Eu mostro a diferença de princípio entre
tragédia e drama trágico. Os dramas do Barroco expressam desespero e desprezo do mundo – são realmente peças tristes e trágicas; já a atitude dos tragediógrafos gregos e dos poetas propriamente trágicos em relação ao mundo e ao destino é a de uma total inflexibilidade. Essa diferença de atitude e de sentimento do mundo é importante. Tem de ser levada em consideração, e implica por fim uma distinção de gêneros – concretamente, da tragédia e do drama trágico. A dramaturgia barroca está, de fato, na origem das peças em que predominam a tristeza e o luto, muito comuns na literatura alemã dos séculos XVIII e XIX. Em segundo lugar, explicou, a sua investigação não era apenas um trabalho acadêmico, mas tinha uma relação muito direta com problemas de grande atualidade na literatura contemporânea.”



FICHA DO LIVRO


Editora: Autêntica
Ano: 2011
Páginas:336
Peso: 460 g



ISBN: 9788575265895



Ler Mais

Nietzsche & a Educação

Autor: Jorge Larrosa.



 Voltada principalmente para educadores, pesquisadores, estudantes dos cursos de pedagogia e licenciaturas e demais interessados em Educação, a Coleção Pensa-dores & Educação apresenta seu novo título. Esta obra transita no pensamento e no estilo de Nietzsche apresentando-nos três ensaios, chamados por Jorge Larrosa de “nietzcheanas” interpretadas, com maior ou menor habilidade, para um auditório – ou uma escuta – de caráter pedagógico. “Ler em direção ao desconhecido. Para além da hermenêutica”; “Como se chega a ser o que se é. Para além da formação”; “A libertação da liberdade. Para além do sujeito”.


FICHA DO LIVRO


Editora: Autêntica
Ano: 2009
Páginas: 120
Peso: 130 g


Gênero: Filosofia - Educação

ISBN: 9788575260586


Ler Mais

Michel Foucault

Autor: Haroldo de Resende (Orgs.).

 Transversais entre educação, filosofia e história.


 Com vasta e provocadora obra, Michel Foucault produziu diferentes maneiras de se apreenderem os processos históricos, as racionalidades, as instituições, o presente, a ética, a vida e o próprio pensamento, problematizando o regime de verdade que tradicionalmente alicerçou as relações sociais. O pensador enveredou, na transversal entre a filosofia e a história, por várias temáticas, e suas ideias, hoje, inspiram estudiosos de diversas áreas e disciplinas.

Conexões e interfaces entre diferentes campos de saber, utilizando-se de conceitos e noções do pensamento foucaultiano como ferramentas operativas, são as mais variadas e podem mostrar como a intensa produção intelectual do filósofo contribui para o questionamento de diversos campos do saber.

Esta obra apresenta diferentes leituras de transversais entre a filosofia, a história e a educação, a partir de caminhos traçados por Foucault e que podem provocar deslocamentos de espaços disciplinares, rompimento de fronteiras e abertura de outras trilhas, indicando novas formas de problematização e de visibilidade do funcionamento da maquinaria social e, sobretudo, alimentar indagações e instigar o leitor a refletir sobre questões que entrecortam o tempo presente. 


FICHA DO LIVRO

Título: Michel Foucault
Autor: Haroldo de Resende (Orgs.)

Editora: Autêntica
Páginas: 176

Gênero: Filosofia - Educação

ISBN: 9788575265604


Ler Mais

Merleau-Ponty & a Educação




 A proposta deste livro, integrante da coleção Pensadores & Educação, é difundir o olhar fenomenológico voltado para a vida da criança na comunidade leitora, baseando-se nos pensamentos e no trabalho sobre criança e infância que o importante filósofo Maurice Merleau-Ponty realizou em cursos na Sorbonne. A autora se dirige ao leitor que pretende observar, pensar, sentir e refletir sobre como as crianças nos apresentam aqui e agora através de perguntas fundamentais como: Quem são? Como vivem? O que nos dizem, quando dizem? Como silenciam? Como brincam e como não brincam? Saber compreender e interpretar as relações da criança consigo mesma, com o outro e com o mundo é fundamental para olhar as crianças do ponto de vista delas mesmas.

Com uma linguagem próxima do pensamento do filósofo, a autora amplia as formas de descrever e situar a criança no mundo, refletindo acerca da infância em coexistência com o adulto e apresentando, com louvor, as possibilidades que a Fenomenologia de Merleau-Ponty abre para os educadores da primeira infância. 


FICHA DO LIVRO


Editora: Autêntica
Ano: 2010
Páginas: 120
Peso: 150 g


Gênero: Filosofia - Educação

ISBN: 9788575264966


Ler Mais

Mauss & a Educação

Autor: Gilmar Rocha.



 A coleção Pensadores & Educação apresenta aqui o pensamento de um dos maiores sociólogos e antropólogos da história: Marcel Mauss, estudioso francês que voltou seu olhar e se dedicou aos dois campos disciplinares e se tornou referência mundial. Gilmar Rocha oferece aqui um entendimento histórico irretocável da obra de Mauss e revela a atualidade de sua produção intelectual.
Além de uma preciosa análise do conjunto da obra de Marcel Mauss, este livro propõe um diálogo com outros intelectuais e estudiosos da Educação sobre o grande legado que o pensador francês deixou. A obra é imprescindível não só aos professores, pesquisadores e alunos dos cursos de licenciatura, mas também a todos aqueles ligados às Ciências Humanas e Sociais. 

FICHA DO LIVRO


Editora: Autêntica
Páginas: 128
Peso: 150 g


Gênero: Filosofia - Educação

ISBN: 9788575265680


Ler Mais

Lutero & a Educação




 A proposta deste livro, 15º volume da Coleção Pensadores & Educação, é ampliar o debate sobre o pensamento educacional da Reforma Protestante, procurando localizar pressupostos filosóficos e concepções de política educativa. É um importante instrumento para se pensar política e pedagogicamente a chamada “Educação da Modernidade”. Para isso, José Rubens L. Jardilino lança luzes sobre o pensamento de Martinho Lutero, personagem da história que mudou o curso da civilização ocidental, destacando aqui o seu olhar para a educação.
Debruçando-se sobre o pensamento educacional de Lutero e da Reforma Protestante, que ainda é pouco explorado, o livro apresenta um breve panorama do contexto desse movimento, as novas ideias pedagógicas que nasciam com o humanismo renascentista e, ainda, os temas mais importantes do pensamento pedagógico da Reforma, contemplando também elementos históricos mais abrangentes.. 


FICHA DO LIVRO


Editora: Autêntica
Ano: 2009
Páginas: 128
Peso: 150 g


Gênero: Filosofia - Educação

ISBN: 9788575264294


Ler Mais

José Martí & a Educação



 Décimo-quarto volume da Coleção Pensadores & Educação, este livro mostra as contribuições de José Martí para o pensamento da Educação. Que escolas são necessárias para a nossa América? Quais processos pedagógicos podem dar conta da formação dos povos que José Martí, pensador e criador do Partido Revolucionário Cubano, sonhava para esta parte do mundo? Essas são algumas das questões elucidadas neste livro, que trata do ser ético, por meio do questionamento: “Que mulheres e homens cabe formar?”, da Educação científica, técnica, manual e espiritual. Além disso, recai sobre as crianças grande parte da preocupação de Martí. Saiba aqui o que ele desejava que as crianças aprendessem e como ele queria que elas fossem. Compreenda o pensamento pedagógico latino-americano como meio de se propor uma educação como ato político e autoformação da sociedade.

Este livro, especialmente voltado para os envolvidos com Educação e demais áreas das Ciências Humanas, disponibiliza informações sobre a vida e a obra de José Martí, ressaltando as implicações de seu pensamento para a contemporaneidade. 


FICHA DO LIVRO


Editora: Autêntica
Ano: 2008
Páginas: 104
Peso: 130 g


Gênero: Filosofia - Educação

ISBN: 9788575263495


Ler Mais

Íon

Autor: Platão.



 Na aurora do pensamento grego, o filósofo é uma figura nova do saber que tem de se destacar frente a uma figura do saber muito mais antiga: o poeta. Em Platão, o embate entre poesia e filosofia é decisivo e comparece nos textos do filósofo pelo menos desde o Íon, que costuma ser considerado um de seus primeiros diálogos. Ao contrário de outros diálogos do mestre ateniense, que tratam, dentre outras coisas, da questão da poesia, o Íon tem a particularidade de ser um diálogo exclusivamente dedicado ao tema. Em suas linhas, é o próprio estatuto do saber poético que é posto em questão. Que tipo de saber possui o poeta? Que tipo de sabedoria é a poesia? Se partirmos deste diálogo dito “de juventude”, uma releitura desse embate entre filosofia e poesia pode se construir a partir de um outro lugar. O Íon é o lugar inaugural em que todas essas questões se colocam pela primeira vez para o pensamento, ao mesmo tempo que algo de fundamental é decidido acerca da relação entre as palavras e as coisas, mas também entre a filosofia e a poesia.
FICHA DO LIVRO

Título: Íon
Autor: Platão

Editora: Autêntica
Páginas: 88


Gênero: Filosofia

ISBN: 9788575265475

Ler Mais

Introdução à Filosofia da educação

Autores: Gabriel Perissé.



  Integrante da coleção Biblioteca Universitária, este livro é voltado para o público acadêmico, principalmente para os que desejam uma leitura acessível e, ao mesmo tempo, rica sobre a filosofia da educação. Com texto atraente, Gabriel Perissé questiona: Para que servem as teorias educacionais? Como a educação se relaciona com a cultura, a linguagem, a estética, o sentido e o humor? O que é filosofia da educação? Além de elucidar essas questões e aguçar a curiosidade sobre outros pontos importantes na discussão sobre o tema, o autor apresenta uma lista de leituras recomendadas, para que a reflexão continue em outras publicações. “A educação que nos alfabetize para ler o sentido da vida nas circunstâncias concretas do cotidiano de cada um de nós. A educação que nos apure e fortaleça a capacidade de avaliar a obviedade, o rotineiro, os fatalismos, os clichês, os comodismos, os convencionalismos.” Essa é a educação pleiteada por Perissé e estimulada com a leitura desta obra, instrumento de reflexão e transformação para os que lidam com a educação, com a prática educativa e com o pensamento filosófico – inerentemente atrelado ao ato de educar.

FICHA DO LIVRO


Editora: Autêntica
Ano: 2008
Páginas: 196
Peso: 200 g


Gênero: Filosofia - Educação

ISBN: 9788575263396


Ler Mais

Infantis

Autores: René Schérer.

 Charles Fourier e a infância para além das crianças.


  A criação do gênio não é lembrança, mas ressurgência, emer­gência de um fundo comum, que a criança – ou a infância – anima com sua sensibilidade e que o artista consegue exprimir. Assim, além de se lembrar, de se deixar impulsionar por forças obscuras, o artista – pintando, escrevendo, compondo – é banhado de infância. Criança, ele o é, ou melhor: ele se “torna”.
Parece-me que esse tornar-se, esse devir completamente singular – correspondendo a uma disposição própria ao artista, à sua disposição subjetiva – foi exatamente nomeado e caracterizado por Gilles De­leuze e Félix Guattari com a expressão “devir criança”, em que devir reveste a forma, ao mesmo tempo, substantiva de um estado e ativa de um verbo. E eles exprimiram a mesma coisa com a expressão, intimamente ligada à primeira e sua corolária, “bloco de infância”, que não é mais a infância em lembrança, mas em devir, precisamente, na orientação criadora.
O bloco é a infância preservada, resistente, emergindo, como o iceberg, do mar profundo, a infância radiante como um cristal – ela pró­pria cristal do tempo e, em bloco, contra qualquer corrosão e ameaça.


FICHA DO LIVRO

Título: Infantis
Autores: René Schérer

Editora: Autêntica
Ano: 2009
Páginas: 240
Peso: 310 g


Gênero: Filosofia - Educação - Arte

ISBN: 9788575262986



Ler Mais

Heidegger & a Educação




 Como o pensamento de Heidegger contribui para se pensar a educação hoje? Essa é a questão norteadora deste livro, 13º volume da Coleção Pensadores & Educação. Voltado principalmente para educadores, pesquisadores e envolvidos com as ciências humanas em geral, esta obra pretende lançar olhares ao pensamento de um filósofo pouco estudado, em proporção às suas contribuições para diversas correntes de pensamento, porém importante para se perceber a educação sob perspectivas necessárias mas nem sempre lembradas.

Roberto S. Kahlmeyer-Mertens apresenta a influência da fenomenologia sobre o existencialismo, trata da relação entre cuidado, singularidade e impessoalidade sob a ótica do filósofo alemão e traz relevantes pensamentos sobre o processo ensino-aprendizagem, sinalizados por Heidegger. Trata-se, pois, de um importante estudo que parte dos problemas da educação à reflexão filosófica e acena para uma prática educativa mais consciente e crítica. 

FICHA DO LIVRO


Editora: Autêntica
Ano: 2008
Páginas: 96
Peso: 120 g


Gênero: Filosofia - Educação

ISBN: 9788575263297


Ler Mais

Habitantes de Babel

Autores: Carlos Skliar e Jorge Larrosa (Orgs.).

 Políticas e poéticas da diferença


  Instigantes e inovadoras interpretações sobre o mito bíblico de Babel são oferecidas neste livro. Os autores articulam história e modernidade rumo à temporalidade mítica, que se reitera a cada dia, em sociedades e tempos diferentes. A memória que desafia o presente e que abre o imprevisível desconhecido que pode ser futuro é analisada através de sua manifestação mais autêntica: a linguagem.

FICHA DO LIVRO

Autores: Carlos Skliar e Jorge Larrosa (Orgs.)

Editora: Autêntica
Ano: 2001
Páginas: 304
Peso: 450 g


Gênero: Filosofia - Educação

ISBN: 8575260324


Ler Mais

Habermas & a Educação



  Os aspectos centrais da teoria do agir comunicativo de Habermas e sua relação com a Educação foram os elementos que guiaram o autor a produzir este livro, que integra a Coleção Pensadores & Educação. Voltado para professores, educadores, pesquisadores, estudantes e demais interessados em Educação, o livro trata da noção de “processos de aprendizagem” e traz uma análise da concepção de co-construção da sociedade, da cultura e da pessoa por intermédio da interação social mediada pela linguagem.
O autor, Ralph Ings Bannell, entende que o teórico é um dos filósofos sociais mais importantes da atualidade, uma vez que suas idéias e análises permanecem com força nas áreas de Psicologia, Direito, Teoria Política, Educação e outros campos das Ciências Humanas.

FICHA DO LIVRO


Editora: Autêntica
Ano: 2006
Páginas: 164
Peso: 150 g



ISBN: 857526222X


Ler Mais

Compre aqui na Banca Livraria Popular através do PagSeguro-UOL