Pesquisa

Aviso
Devido ao processo de migração da Banca Livraria Popular para o site da Pueblo Livraria, pedimos para enviar e-mail confirmando a disponibilidade dos livros antes de compra-los por este blog.

Contribuição à crítica da economia política

Autor: Karl marx

Na Contribuição à crítica da economia política Marx estuda a mercadoria e o dinheiro ou a circulação simples, desenvolvendo de modo sistemático e completo sua teoria do valor e sua teoria monetária. É uma das fontes mais importantes - a outra é O capital - para o estudo do seu pensamento econômico.

A ampla bibliografia estudada por Marx mostra muito bem quais são as proporções de sua ligação com a Escola Clássica da economia. Verifica-se que principalmente aquela velha representação de marx como um simples prolongamento de Ricardo não tem nenhuma consistência. Devemos considerar que Marx recebeu a herança que a economia política poderia dar-lhes no século 19, após uma longa evolução que começa no mercantilismo e culmina nos trabalhos de Adam Smith e de toda a escola Clássica. Esta também era um produto direto da época que mais o interessava, motivo por que deu maior atenção aos seus representantes, à sua crítica e ao seu desenvolvimento. O estudo que Marx faz sobre o desenvolvimento dialético das formas do valor n'O capital, que vai da forma mais simples à forma dinheiro, é muito mais amplo e mais satisfatório que o da Contribuição. No entanto, no que se refere às categorias relativas ao trabalho (trabalho abstrato, útil, privado e social) e à sua relação com o valor, com o valor de uso e com a riqueza, o da Contribuição é mais aprofundado. É a teoria do valor (a teoria do capital e da mais-valis, da exploração e do fetichismo, da desmaterialização da riqueza capitalista da teoria da tendência decrescente da taxa de lucro) que nos permite entender a economia capitalista em suas determinações mais gerais: que a contradição principal da atual fase capitalista é a que existe entre a produção e a apropriação da mais-valia, do excedente econômico em valor, que a atual expansão do capital especulativo e parasitário é a manifestação e o agravamento dessa contribuição; que essa fase capitalista sobrevive sobre a base da intensificação da exploração do trabalho. A teoria do valor de Marx permite entender que essa fase capitalista não é eterna e que não poderá sobreviver por muito tempo. No "Prefácio", Marx apresenta, de um ponto de vista abstrato, sua concepção sobre o desenvolvimento histórico, a concepção dialética e materialista sobre a história da humanidade.




FICHA DO LIVRO

Editora: Expressão Popular
Páginas: 288

ISBN: 978-85-7743-048-2
Ler Mais

Clássicos sobre a revolução brasileira



Sinopse: Este Livro reúne contribuições dos autores à revolução brasileira: a formação da consciência de classe para viabilizar a luta pelo poder. Para os autores, é necessário definir uma teoria revolucionária que combine, na prática, várias táticas de luta, que unam entre si as reivindicações concretas e os pequenos combates com o fortalecimento de uma consciência de classe revolucionária e uma disposição de luta inabalável..., condições básicas para a transformação da realidade brasileira. o texto O que é revolução, de Florestan Fernandes, está publicado na íntegra.

Editora: Expressão Popular
Páginas: 160
Género: Ciência Política - Ciências Sociais - Revolução.

ISBN: 85-87394-14-2
Ler Mais

Contos Brasileiros

Autor: Alipio Freire e outros.


Contos Brasileiros é um livro de histórias que cada um de vocês recriará de acordo com sua experiência e imaginação. E é nesse papel de recriadores de histórias que vocês serão capazer de inventar novas soluções para os assuntos abordados pelos sete contadores de casos que escreveram para este livro.




FICHA DO LIVRO


Páginas: 80
Peso: 146 g

ISBN: 978-85-7743-015-4
Ler Mais

Contos - Jack London

Autor: Jack London

 Um dos maiores escritores sociais estadunidenses, London tem uma profunda simpatia pelos oprimidos e uma grande indignação contra a opressão. Acreditava na "singularidade do indivíduo, como valor acima de todos os outros". Nesta coletânea, temos textos que retratam o ser humano na sua dimensão de singularidade e que o inserem no convívio social, abordando as questões que são também de nossa existência, do sentido de nossas ações, das nossas escolhas na vida.


FICHA DO LIVRO

Autor: Jack London

Páginas: 248
Peso: 276 g.

ISBN: 85-87394-18-5
Ler Mais

Che Guevara - Política


 
Poucos lutadores terão influenciado os acontecimentos e as idéias políticas das últimas décadas em nosso continente como Ernesto "Che" Guevara (1928-1967). Esta antologia apresenta a parte mais significativa das suas contribuições teóricas para decifrar os caminhos da vida, da prática revolucionária e da ética. Trata de diversos temas como as campanhas guerrilheiras em Cuba e na Bolívia, a questão do partido, a moral revolucionária, a luta contra o imperialismo e os desafios da construção do socialismo em Cuba e no mundo
Acesse: http://pueblolivraria.com.br


FICHA DO LIVRO

Páginas: 304


ISBN: 85-87394-66-4




Ler Mais

Carrapicho

Autor: Cecília da Silveira Luedemann

Sinopse: Vim de longe pra segredar outros entendimentos na leitura desta lindura da CARRAPICHO. Não quero contar para todo mundo esses segredos guardados por muito tempo. Sobre mudanças acontecidas no mundo, só por conta das crianças. Só conto para crianças! Adultos, por favor, pulem as próximas páginas. A leitura e a prosa agora é com quem brinca, ri, sapeca, moleca, se lambuza e pede bis.
É so bater os olhos nas primeiras linhas prá sentir um comichão: mudar pra vila Ventania e viver na inventação, com gostosuras e como amigos - irmãos... Aviso pro leitor: nem pense que só vai ler devagarando, páginas sobre o bem bom... Logo, fenômenos sem explicação, sumiços e medos, dissequemedisses do mais fundo do oceano profundo galopam pelas páginas e, quando os vendavais comedores de gente dão notícia, não tem como... foi fisgado pela história. Fissurou total.
E você, grudado na história e deliciado, que quase toda a escrivinhação soava como música, espantou ouvindo sua voz sair leve e solta, lendo e cantarolando junto... os pés impacientes, marcaram o ritmo das acontecências dadas pelas palavras... aí, você parou e pensou. Não tem como fazer acontecer nada mais emocionante... Ah, tem...!
(Trecho da apresentação por Fanny Abramovich)



FICHA DO LIVRO:
Ano: 2008
Edição:
Páginas: 64

ISBN: 978-85-7743-125-0
Ler Mais

Como comprar

EM BREVE: compra on-line através de boleto bancário e cartões de crédito.

Como comprar:

1. Escreva um e-mail para vendas.livrariapopular@gmail.com informando o(s) título(s) do(s) livro(s) e as respectivas quantidades, assim como o endereço para entrega*.

2. Você receberá um e-mail informando que o(s) livro(s) encontra(m)-se reservado(s)**. Neste mesmo e-mail você receberá o número de uma conta para depósito, bem como os valores do pedido e do frete.

3. Após o depósito, envie um e-mail com o número do comprovante.

4. Pronto! Após a confirmação do depósito, sua encomenda será enviada via correio para o enderço informado.

_____
* Sendo de inteira responsabilidade do comprador qualquer erro nos dados para o envio.
** O(s) livro(s) ficará(ão) reservado(s) por 3 (três) dias úteis. Após esta data, o(s) livros(s) volta(m) a ficar disponível(eis) para venda.
Ler Mais

Campesinato e agronegócio na América Latina

Autor: Bernardo Mançano Fernandes

Neste livro atualizamos o debate sobre a questão agrária na América Latina. Pesquisadores dos centros de pós-graduação filiados ao Conselho Latino-americano de Ciências Sociais (CLACSO) estudaram uma das principais conflitualidades do campo: a disputa territorial entre campesinato e agronegócio. Estes estudos contemplam as realidades do Brasil, Argentina, Bolívia, Paraguai, Equador, Guatemala e México. A questão agrária atual contém novos temas que incluem o desenvolvimento territorial, água, biocombustíveis entre outros e mantém tema estruturais como a reforma agrária, a monocultura para exportação, economia camponesa e economia capitalista etc.

Este livro é importante tanto para compreender as monoculturas da soja e da laranja controladas por transnacionais que dominam todos os sistemas produtivos, quanto as políticas públicas e as disputas políticas entre as diferentes instituições como o Estado, agências multilaterais, empresas capitalistas e movimentos camponeses. São leituras feitas por geógrafos, historiadores, socólogos, economistas e agrônomos que mostram a multidimensionalidade dos conflitos e do desenvolvimento do campo na América Latina.

Acesse: http://pueblolivraria.com.br

FICHA DO LIVRO:


Ano: 2008
Edição:
Páginas: 432


ISBN: 978-85-7743-085-7
Ler Mais

Compre aqui na Banca Livraria Popular através do PagSeguro-UOL